Pesquisar este blog

segunda-feira, 23 de maio de 2011


Carros Híbridos, elétricos e outras inovações da ciência que contribuem com a natureza.


A cada dia ouvimos falar de coisas novas invenções. Há muitas coisas ruins, em compensação também existem invenções que são utilíssimas. Falaremos aqui de algumas destas, que podem em muito contribuir com o nosso planeta.
Existem os carros híbridos, elétricos, a hidrogênio, e tantos outros. Nesta matéria falaremos dos híbridos.
São aqueles que possuem dois motores, um elétrico e outro a combustão, que é o velho motor a gasolina, álcool ou diesel. Existem 3 tipos de carros híbridos.
1.       Nos primeiros híbridos que foram inventados, o motor principal era a combustão, e o elétrico servia apenas para fazer com que o principal trabalhasse menos, diminuindo assim as emissões de poluentes.
2.       O outro tipo é o que o motor movido a eletricidade é o principal, e o motor a combustão somente serve para recarregar as baterias do elétrico.
3.     Por último está o chamado sistema misto, que consiste numa combinação, entre a utilização dos dois motores, para aproveita as vantagens de cada um. Dependendo da maneira como são configurados, é possível até utilizar os dois de forma simultânea.
O primeiro carro híbrido foi criado pela japonesa Toyota, chamado Toyota Prius(abaixo)
foi lançado pela primeira vez em 1997, no Japão, e este é o híbrido que já teve mais unidades vendidas até hoje, passando já de 2.000.000 de unidades.
A maior vantagem que os híbridos podem oferecer, no que concerne a meio-ambiente, é a significativa diminuição da emissão de poluentes. Mas infelizmente, essa tecnologia ainda é bem cara, portanto os automóveis deste tipo também serão caros. Por exemplo, o modelo do Ford Fusion Híbrido(abaixo)

que foi lançado em terras tupiniquins custa mais de R$ 100.000,00. Ou seja, está muito além do poder de compra da maior parcela da população brasileira. E também, pelo menos por enquanto, ainda é bem complicado mexer com este tipo de carros. Mas num futuro mais próximo do que pensamos será uma realidade lidar com este tipo de automóveis, pois há grandes vantagens na utilização deste sistema.E206

domingo, 22 de maio de 2011

De volta à ativa

E aí pessoal. Depois de um bom tempo de férias, voltaremos a escrever. Se você gostava das nossas postagens, aguarde que em breve atualizaremos as informações do blog. Se você ainda não as conhece, aproveite para dar uma navegada no blog, e aguarde nossas novas postagens.

terça-feira, 29 de junho de 2010

Euclidentrevista:Ceap
Euclidentrevista é uma série de entrevistas que faremos com pessoas que entendem de meio-ambiente e estão por dentro da situação ambiental de nosso município e do mundo.Serão artigos de interesse somente daqueles que gostam da natureza.Se você não gosta,não leia.A euclidentrevista desta semana é com “Filho” Manfredini,que trabalha no Ceap.Ele foi um dos que nos acompanhou na nossa aula de campo em Carajás.É alguém que se preocupa em preservar e também em ensinar os outros a fazê-lo.

EUCLIDAO206:Primeiramente explique aos nossos leitores o que é o Ceap.
FILHO MANFREDINI:O Ceap é o Centro de Educação Ambiental de Parauapebas.Ele surgiu no ano de 2005,no 2° semestre,numa parceria com a UFPa,através do campus de Marabá,e pelo núcleo  de conservação ambiental  daquela universidade, e numa parceria com o então IBAMA.
E.206:Qual o papel que o Ceap tem na conservação ambiental?
FILHO:O Ceap,desde 2005 vem fazendo um trabalho de conscientização,através de programas desenvolvidos aqui em Parauapebas, que são:Projeto Escola vai à FLONACA(Floresta Nacional de Carajás);Projeto Jovem Ambientalista(P.J.A);Projeto Formação de professores;Projeto de Educação Ambiental para a 3ª Idade.Através desses programas tentamos aproximar a a população,não somente daqui de Parauapebas,mas de toda a região de Carajás,com a situação ambiental que estamos vivendo,e também tentamos desenvolver uma consciência ambiental nas pessoas.Assim elas poderão ter e desenvolver uma vontade de conservar e preservar,através das atividades e programas que relizamos,como o P.J.A .Estas são atvidades de campo:Levamos as pessoas para conhecer as áreas críticas daqui,como esgotos e o lixão.Inclusive  nosso município tem um lixão, e não um aterro sanitário.Mostramos tudo isso,na prática,e assim conseguimos formar uma consciência ambiental.
E.206:Fale um pouco sobre a FLONACA:
FILHO:A Floresta Nacional de Carajás é uma unidade de conservação ambiental que faz parte do mosaico de Carajás,onde estão localizadas as maiores jazidas de minério de ferro até hoje conhecidas.No início foi uma floresta privada,durante o regime militar,mas hoje é pública.Existe a empresa que faz os trabalhos de mineração dentro da FLONACA,e as áreas onde é realizada essa exploração são privadas,até mesmo por questão de segurança,mas no geral a floresta é pública.
E.206:Como fazer para visitar a FLONACA?
FILHO:Hoje o acesso à floresta está limitado à sociedade organizada(escolas,instituições, e também universidades)e esse acesso se dá através do Ceap.Estamos vendo a possibilidade de no próximo ano realizar atividades de lazer, como ecoturismo,acampamentos,quem sabe.Há o acesso ao núcleo e ao parque zoobotânico,que é  livre.Basta ir na portaria da FLONACA e retira a autorização individual.Para retirar essa autorização só é necessário um documento oficial com foto e um comprovante de residência.
E.206:A Vale explora minérios em nosso município,o que gera muita renda e desenvolvimento, mas traz profundos impactos ambientais.Não queremos que a exploração pare,pois isso seria desastroso,mas há algum meio menos impactante de se extrair minério?
FILHO:Eu acredito que não haja um meio menos impactante,até mesmo porque nesses trabalhos de mineração temos órgãos públicos que nos representam e fiscalizam todas essas atividades.Então,antes de se começarem as atividades de mineração é  apresentado um relatório e um projeto com os menores impactos  ambientais possíveis.Eu acredito que hoje,ainda não exista uma forma menos destrutiva de fazer a mineração.
E.206:No que diz respeito ao meio-ambiente,as pessoas de Parauapebas já tem uma certa consciência ou ainda há um atraso nesta questão?
FILHO:Eu moro em Parauapebas  há 5 anos,e trabalho no Ceap há 4,e depois que o Ceap chegou aqui eu consegui ver uma mudança.O problema é que nossa cidade é “terra de forasteiro”:para cá vem gente de todos os lugares do Brasil e do mundo,e todas as pessoas que chegam aqui teremos de começar do zero com essas pessoas,por exemplo, uma pessoa que mora aqui há dez anos,já conhece o trabalho desenvolvido tanto pelo Ceap quanto pela Secretaria de Meio-ambiente,e já tem formada uma consciência de preservação.Mas se chega alguém do Rio Grande do Sul,por exemplo,e em sua cidade não havia um trabalho de educação ambiental,e aqui há outra realidade.Teremos de partir do zero com essa pessoa.Então a grande dificuldade de se criar uma consciência ambiental é essa diversidade cultural,vem gente  de vários lugares para cá.Mas mesmo nesse pouco tempo que eu moro aqui,já é possível ver uma melhoria nessa questão.
E.206:Qual é a importância de se realizarem aulas de campo,como aquelas que o Ceap promoveu  com a turma 206 da escola Euclydes Figueiredo?
FILHO:Dar aos alunos - das escolas públicas principalmente,pois eles são o principal alvo do projeto Escola vai à FLONAC-a oportunidade de saírem da sala de aula terem,por exemplo,uma aula prática de biologia,na floresta e verem algumas relações ecológicas,ecossistemas.Além de ser mais legal é bem mais aproveitável,o aluno aprende mais do que aprenderia sentado em sua sala,e também como nós trabalhamos muito a questão da conservação,ensinamos a eles o que é que vão conservar,pois como as pessoas vão cuidar de algo que desconhecem?Então,como as pessoas estarão indo para lá e terão um contato com a natureza,será desperta nelas a vontade de  preservar.E no futuro,se alguma dessas pessoas for um empresário,por exemplo,se ela já tiver um caráter ambiental formado,fará uma grande diferença.
E.206:O que a população de Parauapebas pode fazer para que a situação ambiental em nosso município melhore?
FILHO:Eu sei que isso não acontecerá de hoje para amanhã,mas o trabalho que o Ceap vem fazendo com certeza despertará as pessoas e elas começarão a cuidar melhor do meio ambiente,e ver a necessidade que há de se fazer isso hoje em dia,pois há muitas pessoas que nem sequer sabem o que é meio-ambiente,e nem como cuidar dele.Despertar essa curiosidade de preservar e os trabalhos do Ceap com certeza nos ajudarão a chegar lá.

 Acompanhe as nossas próximas reportagens.Visite também o blog do filho.O endereço é                                                      f ylhyo.blogspot.com.Na lista de blogs que seguimos o do filho também está lá.Visite, que com certeza você não se arrependerá.

segunda-feira, 28 de junho de 2010

Afinal, o que é o minério de ferro?

Minério (do latim minera, mina) é um mineral que é economicamente auto-sustentável para a sua prospecção e exploração industrial (mineração).
.Geralmente,para extraí-lo e preciso que se abram grandes buracos,pois ele só fica em camadas profundas da terra.A cratera de uma das minas de Carajás,por exemplo,tem mais de 800 metros de profundidade.É retirado minério de lá há mais de 20 anos e os estudiosos dizem que o minério existente é suficiente para mais 8 anos de exploração.
Os minérios de ferro são rochas a partir das quais pode ser obtido ferro metálico de maneira economicamente viável. O ferro encontra-se geralmente sob a forma de óxidos, como a magnetite e a hematite ou ainda como um carbonato, a siderite.
A extracção de minério de ferro é uma indústria presente na maior parte dos países. Os dez maiores produtores mundiais (dados de 2006[1] são a China, Austrália, Brasil, Índia, Rússia, Ucrânia, Estados Unidos, África do Sul, Canadá e Suécia.
O consumo mundial de minério de ferro cresce cerca de 10% ao ano e os maiores consumidores são a China, Japão, Coreia, Estados Unidos e a União Europeia.
Os métodos de mineração variam consoante o tipo de minério. Os quatro principais, sob o ponto de vista de interesse económico, são a magnetite, titanomagnetite, hematite e pisolite.
A sua exploração pode ser feita a céu-aberto ou ser subterrânea.
O ferro é um metal. Ele costuma ser extraído de um mineral chamado hematita. A hematita é formada principalmente por ferro combinando com o oxigênio. Os minerais dos quais são extraídos metais e outros produtos com vantagem económica são chamados minérios. Desse modo, dizemos que a hematita é um minério de ferro; e o ferro, por sua vez, é um metal. Já a galena é um minério de chumbo, a esfalerita é um minério de zinco, etc.
Os minérios mais comuns ocorrem sob a forma de óxidos, sulfetos, silicatos ou por metais nativos, associados (ou não) a outros minerais como, por exemplo, cobre e ouro.
Os corpos de minério são formados por uma variedade de processos geológicos.
São os minérios que compõem as rochas,por isso os minérios são extraídos das mesmas.
Exemplos de minérios
• Argentita: Ag2S - para a extração de prata
• Barita: BaSO4 - para a extração de bário
• Bauxita: Al2O3 - para a extração de alumínio
• Berilo: Be3Al2(SiO3)6 - para a extração de berílio
• Blenda: ZnS - para a extração de zinco
• Bornita: Cu5FeS4 - para a extração de cobre
• Calaverita: AuTe2 - para a extração de ouro
• Calcopirita: CuFeS2 - fundamentalmente, para a extração de cobre
• Calcocite: Cu2S - para a extração de cobre
• Cassiterita: SnO2 - para a extração de estanho
• Cinábrio: HgS - para a extração de mercúrio
• Cobaltita: (Co,Fe)AsS - para a extração de cobalto
• Coltan (*) (Columbita - Tantalita): (Fe,Mn)(Nb,Ta)2O6 - para a extração de nióbio e tântalo
• Cromita: (Fe,Mg)Cr2O4 - para a extração de cromo
• Galena: PbS - para a extração de chumbo
• Hematita: Fe2O3
• Ilmenita: FeTiO3
• Mirabilita: Na2SO4
• Magnetita: Fe3O4
• Molibdenita: MoS2 - para a extração de molibdénio
• Ouro: Au - associado ao quartzo e à pirite
• Pentlandita:(Fe,Ni)9S8
• Rutilo: TiO2
• Pirolusita:MnO2 - para a extração de manganês
• Scheelita: CaWO4 - para a extração de volfrâmio
• Uraninita ou Pechblenda: UO2 - para a extração de urânio
• Volframite: (Fe,Mn)WO4 - para a extração de volfrâmio
(*) - Coltan é uma abreviatura. É o nome dado à mistura constituída pelos minérios columbita - (Fe,Mn)Nb2O6 - e tantalita - (Fe,Mn)Ta2O6
Agora você já sabe o que é o minério de ferro.
Agradeço àquelas pessoas que tornaram esse artigo possível.Não citarei nomes.

sexta-feira, 18 de junho de 2010


Série amazônia suntentável:Buriti

Buriti comumente se refere a plantas do gênero Mauritia,Mauritiella,Arihrinax e Astrocaryum.
Essa planta também recebe o nome de miriti,muriti,palmeira dos brejos,etc.
É uma espécie que pode ficar bem alta,e é comum em lugares alagados.O buriti tem grande contribuição com a água,que ajuda a espalhar os frutos. Vamos ver agora todas as possibilidades que esta planta amazônica nos oferece.
A quantidade de frutos que é produzida anualmente por uma única árvore é enorme,como dá para ver na foto.Este fruto,em conjunto com o açaí,é importantíssimo na alimentação das populações ribeirinhas da Amazônia.O fruto pode ser consumido in natura ou na forma de doces,sucos,sorvetes,geléias,e uma infinidade de outros produtos.Também serve de alimento a animais como a anta,capivara,arara e outros.E também é matéria-prima para a fabricação das famosas esculturas de miriti,feitas numa cidade paraense.(mostrar fotos do miriti)
O uso medicinal está associado ao óleo extraído da polpa dos frutos, com propriedades energéticas e vermífugas.


Rico em pró-vitamina A (500 000 UI), com índice de 300mg/100g, o óleo é usado contra queimaduras na pele, provocando alívio imediato e auxiliando na cicatrização. O óleo absorve radiações no espectro ultra-violeta, sendo um eficiente filtro solar Tem sido empregado recentemente pela indústria cosmética entrando na composição de sabonetes, cremes e xampus.
O fruto é rico em vitamina A,B e C;
Fornece palmito de qualidade,farinha e madeira.Caso alguém não saiba,palmito é o cerne(miolo,aquela parte de dentro do tronco) de certas plantas(como o buriti,pupunha,açaí,etc)que não é duro e é comestível.Produto de alto valor no mercado nacional e internacional,e devido a esse bom preço,algumas espécies estão ameaçadas de extinção,por serem derrubadas indiscriminadamente.
As folhas geram fibras que são usadas em artesanatos regionais,para fazer bolsas,tapetes,toalhas,redes,etc.
É uma ótima oportunidade para quem visa lucros com exportação.No sul e sudeste do Brasil,o buriti ainda é meio desconhecido,mas os produtos que são feitos tendo ele como matéria-prima são muito apreciados por lá.Bombons e doces em geral são bem vendidos lá.Como a árvore fornece muitos frutos por ano,a o produto-base não falta.Há poucos lugares que beneficiam o produto,mas não custa muito para se abrir uma pequena fábrica de processamento.E no exterior é que o produto já beneficiado em forma de doces ou cosméticos vale ouro.Mas nós não estamos sabendo aproveitar toda essa riqueza que Deus nos deu.
Contém poderosas substâncias que podem ser usadas na indústria de protetores solares:A pró-vitamina A.
Se você quer ter bons ganhos,e isso preservando a natureza de tal modo que até nossos descendentes poderão usufruir dela,invista no buriti.E continue acompanhando a série”Amazônia suntentável”.

Série Amazônia Sustentável:Açaí
O açaí(Euterpe oleracea)é o fruto da palmeira conhecida como açaizeiro.É nativa das várzeas da região amazônica.

O açaí é um importante alimento das populações ribeirinhas da Amazônia,e hoje em dia é cultivado em vários estados brasileiros.Seu consumo foi introduzido no restante do mercado nacional a partir dos anos noventa e oitenta,principalmente na forma de sumo(suco ou vinho).O açaí é retirado da planta com o auxílio de uma peçonha
,que pode ser um trançado de panos,palhas ou até de sacos de estopa.(fotos da peçonha).Para ser consumido,o fruto deve ser despolpado em uma máquina ou manualmente.Na região norte,geralmente é consumido puro,misturado com açúcar, farinha de mandioca ou polvilho granulado.

Assim como o buriti,dele aproveita-se praticamente tudo.Tem poderosas substâncias.Um cientista chegou a classificar o açaí como uma das frutas mais importantes para a humanidade,devido às valiosas propriedades que tem.Vamos agora para as utilidades do açaí:
— Do frutos se retira um sumo que é muito apreciado aqui no Pará e fora também.É um alimento bem nutritivo,que pode ser usado em quase todas as refeições.Para aqueles que desejam o lucro,vale a pena investir no açaí,pois nas regiões sul e sudeste o sumo é muito apreciado,tendo preços elevadíssimos.Uma tigela pequena,contendo sumo bem fino,pode custar a importância de R$10,00.A planta cresce em muitos tipos de lugares,embora se adapte melhor nas regiões com muita água por perto.sem falar que é possível fazer picolés,chocolates,doces em geral com o fruto.As sementes podem servir para artesanato.
—O palmito é de grande qualidade,bem saboroso.Palmito é um artigo que tem um bom valor de mercado,sem falar dos valores nutricionais.
—As raízes podem ser usadas como vermífugoe o palmito,além de alimento,dele pode ser feiro um remédio anti-hemorrágico.
—A planta dá uma grande quantidade de frutos.Logo,não há falta de matéria-prima.
Invista no açaí e também nas frutas amazônicas.Continue acompnhando nossa série para descobrir mais.

Jogo da Velha